A influência da escrita virtual em redações escolares

Uma análise dos internetês em textos escolares
 
 
Novas Edições Acadêmicas (Verlag)
  • erschienen am 16. Januar 2019
 
  • Buch
  • |
  • Softcover
  • |
  • 80 Seiten
978-613-9-66253-1 (ISBN)
 
Esta obra se insere no campo de análises sobre a linguagem utilizada nas redes sociais e suas interferências na produção textual dos alunos. O objeto de estudo da presente obra concentra-se em uma abordagem teórico metodológica acerca de estudos sobre a linguagem virtual, apresentando discussões sobre o papel da escola frente aos processos de apropriação dos internetês (linguagem virtual) em contextos de produção de textos escolares. O trabalho aqui apresentado surge a partir da problemática atual na jornada escolar dos alunos, devido ao constante uso das redes sociais e consequentemente o aparecimento dos internetês nas redações dos discentes. Além disso, é um grande dilema entre os docentes de língua materna que buscam explorar corretamente a escrita sob a reflexão das regras gramaticais. Destarte, as autoras questionam: As redes sociais são capazes de interferir na escrita escolar dos alunos? Será que a escrita virtual pode contribuir positivamente na produção escolar? Como o professor pode levar o aluno a estabelecer critérios na utilização da escrita das redes sociais nos diferentes contextos de uso? Esperamos que durante a leitura deste livro o leve a refletir sobre tal.
  • Höhe: 221 mm
  • |
  • Breite: 152 mm
  • |
  • Dicke: 10 mm
  • 137 gr
978-613-9-66253-1 (9786139662531)
Juliane Paixão (1992), é formada em Licenciatura Plenas em Letras pelo Instituto Federal do Pará (IFPA). Sua especialidade é na correção textual. Gildeane Pereira (1994), mestranda em linguagens e letramentos, especialista em língua portuguesa e literatura, realiza estudos de pesquisa pela CAPES, atuando como docente na rede pública de ensino.

Sofort lieferbar

39,90 €
inkl. 7% MwSt.
in den Warenkorb