A Ocupação Veraz Do Cínico

O Militantismo Filosófico
 
 
Novas Edições Acadêmicas (Verlag)
  • erschienen am 20. November 2019
 
  • Buch
  • |
  • Softcover
  • |
  • 128 Seiten
978-3-639-68813-9 (ISBN)
 
O movimento filosófico cínico surgiu na Grécia entre os Séc. IV e V a.C. e foi amplamente reconhecido como herdeiro da tradição socrática. Os cínicos são considerados os mais radicais representantes da filosofia entendida como modo de vida, por levarem ao extremo a busca por total liberdade enquanto autodomínio. Esse modo de vida capaz de engajar-se nas circunstâncias mais adversas estabeleceria com o real uma relação pautada no minimalismo existencial, que por sua vez conformaria no discurso, vida e natureza. Para expor a verdade que surge dessa integração, os cínicos buscam a mais vasta publicização de suas práticas, o corpo divulga a franqueza do discurso como um "teatro da verdade". Torna-se, então, possível chamar à cena o sujeito ético-político de ações. O intuito deste trabalho é compreender como a filosofia cínica prestou-se à problematização sobre os modos de sujeição identitária e os modos dominantes de subjetivação feita pelo filósofo francês Michel Foucault, que destacou a filosofia cínica no debate contemporâneo e moveu uma espécie de militância filosófica, que foi qualificada como a mais nobre e mais elevada das políticas.
  • Höhe: 220 mm
  • |
  • Breite: 150 mm
  • |
  • Dicke: 8 mm
  • 209 gr
978-3-639-68813-9 (9783639688139)
Andrea Maria Mello é investigadora na CIDH (Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização da CLEPUL - Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa). É professora do ensino médio e superior, doutoranda em Filosofia pela PUC-Rio.

Sofort lieferbar

54,90 €
inkl. 7% MwSt.
in den Warenkorb